sábado, 9 de outubro de 2010

AICAI XXXIV

duas pétalas
adormecem felizes
sempre que sorris